Correios do Litoral Norte realizam paralisação parcial na greve

Funcionários dos Correios reivindicam melhores condições de trabalho

Agência de Tramandaí aderiu parcialmente a greve

A Greve dos Correios, iniciada nessa segunda-feira (12) teve adesão parcial dos atendentes das agências do Litoral Norte do RS. O atendimento à população está sendo mantido, com realização dos serviços de banco postal e atendimento. Contudo, o setor de distribuição está sendo uma das principais atividades paralisadas durante a greve.

De acordo com Adroaldo Negreiros, diretor da sub sed Litoral Norte do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do estado (Sintect-RS), a maioria das agências do Litoral Norte aderiu a paralisação , suspendendo de forma parcial a realização dos serviços prestados à população. “Pedimos o apoio da população nesse momento, pois lutamos por melhores condições de trabalho para que possamos melhorar o atendimento nos serviços prestados”, disse Adroaldo. Ainda de acordo com o diretor sindical, na agência de Tramandaí, mesmo antes da paralisação dos serviços de distribuição, o setor já estava em atraso por não ter funcionários o suficiente para suprir a demanda.

Segundo o Sintec-RS, a greve dos Correios no Rio Grande do Sul tem a adesão de 70% dos carteiros e de 30% dos atendentes nas agências.Nenhuma agência ficou fechada nesta manhã.

Aprovada em assembleia no último dia 1º, a greve tem duração indeterminada. No total, a empresa conta com 6,3 mil funcionários em todo o estado que reivindicam, entre outras coisas a instituição de mensalidade e também o aumento na co-participação por procedimento do plano de saúde dos funcionários e seus dependentes. A empresa sustenta que não tem mais condições de custear o benefício, e ingressou com ação no Tribunal Superior do Trabalho (TST) nesta tentativa.

Uma nova assembleia será realizada nessa segunda (12), às 15h, para deliberar sobre os rumos da greve.

 

 

COMPARTILHAR