Quatro pessoas escapam ilesas de desabamento em Tramandaí

“Eu me atirei pra fora, perdi óculos, perdi tudo”, contou idoso que estava no salão comunitário que desabou

Quatro pessoas que estavam em um salão comunitário católico do bairro Indianópolis em Tramandaí saíram do prédio instantes antes da construção desabar, na manhã desta segunda-feira (09). Nenhuma delas ficou ferida. O prédio estava em obras e ventava forte no momento em que o teto e as paredes caíram.

O tesoureiro da comunidade da Capela do Sagrado Coração de Jesus, Nilo Schmitz, de 70 anos, estava no salão junto com profissionais que trabalhavam em uma reforma na construção. “Quando eu ouvi o primeiro estrondo, eu disse: olha vamos sair logo que vai cair tudo. E logo caiu tudo”, contou ao Litoral na Rede.

Nilo disse ainda que teve que sair às pressas. “Eu me atirei pra fora, perdi óculos, perdi tudo”, relatou.  O salão da comunidade católica fica na Rua Cleyton Hoffmeister. O Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil não foram acionados e, por isso, não há informação sobre a causa exata do desabamento, que pode estar ligado à obra de reforma e ao vento forte.

Integrantes da comunidade iniciaram uma mobilização para reconstruir o salão. Quem quiser, pode ajudar através de depósito bancário, conforme os dados abaixo.

Nome: Capela do Sagrado Coração de Jesus

Banco: Banrisul (041)

Agência: 0575

Conta corrente: 060022722/0-4

Clique aqui e leia mais notícias do Litoral Norte.

Quer receber as notícias do Litoral na Rede no seu Whatsapp? Clique aqui e saiba como se cadastrar. 

 

COMPARTILHAR