Vídeo: veja o momento da detonação dos explosivos apreendidos em Tramandaí

Material foi detonado em Imbé pela equipe antibombas do GATE


Uma operação complexa mobilizou um grupo de policiais militares especializados em explosivos, o Corpo de Bombeiros e o SAMU para a retirada das 56 bananas de dinamite apreendidas pela Brigada Militar da Delegacia Tramandaí.

A apreensão ocorreu na noite de domingo (29). Na manhã dessa segunda-feira (30), o entorno da Delegacia foi isolado. Com auxílio de um robô, a equipe antibomba do GATE de Porto Alegre realizou a remoção do material. Devido ao risco de explosão, os policiais não tiveram contato direto com os cartuchos de emulsão explosiva.

O material foi acondicionado em mantas  especiais e colocado em recipientes blindados para ser levado com segurança até o local de detonação. A área escolhida foi entre os Balneários de Imara e Santa Terezinha, próximo a ERS-786, em Imbé.

A detonação das bananas de dinamite e dos 48 metros de cordel detonante correu no início da tarde em uma área afastada. Moradores de alguns bairros de Imbé ouviram o barulho. O procedimento foi concluído sem qualquer problema.

Investigação

A Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar a origem das bananas de dinamite apreendidas pela Brigada Militar no bairro Parque dos Presidentes, em Tramandaí. O delegado Paulo Perez informou ao Litoral na Rede que a intenção é descobrir quem mandou o material para a cidade e para que os explosivos seriam utilizados.

 

COMPARTILHAR