As amigas que somente a maternidade te dá

Por Fernanda Menezes, blogueira do Litoral na Rede

Todas nós temos amigas da vida toda…amigas da escola, da vizinhança, da faculdade, primas, irmãs, amigas de festas, amigas das amigas e assim por diante… todas nós amamos nossas amigas, cada uma com seu grau de importância…

Mas somente após a maternidade, passamos a valorizar as amigas mães. As amigas mães sempre tem um conselho, uma dica para cólicas, elas mandam mensagens sobre promoção de fraldas e entendem a rotina de uma mãe. Uma amiga mãe não cobra a ausência, não convida para festa após as 22, não te convida para programas sem filhos…uma amiga mãe…é mãe…

 Toda mãe teria que ter, necessariamente uma amiga mãe. Eu tive, e sou grata a todas elas. Tão bom quanto ter amigas mães, é fazer novas amigas através da maternidade, e ainda melhor é se reaproximar de antigas amizades em razão da maternidade.

Muitas vezes, nos distanciamos por inúmeros motivos de algumas amigas queridas, e quando menos esperamos, para nossa, felicidade, cruzamos com elas nos parquinhos, nos aniversários, na porta da escola, na sala de espera da pediatra…e então retoma-se aquela velha amizade, agora com novos seres sendo o centro das atenções. Ou as vezes, seu filho é o melhor amigo de outra criança na qual você nunca tinha visto os pais, e então…lá vai você e sua família convidar para um chimarrão na pracinha que se estende para pizzaria e dias depois estão todos lá, em um jantar na sua casa e você e aquela nova amiga parecem que se conhecem a uma vida inteira.

A vida de mãe te proporciona esses encontros maravilhosos. Amigas mães que te entendem, que são parceiras para o parque, pracinha, aniversários, e as vezes até para aqueles momentos (raros) de encontro só de mães no sushi. As amigas mães são um dos presentes mais legais que a maternidade te dá. Essa amizade pode ter iniciado na gestação quando estavam no pilates, na porta da escola, na espera da natação, no futebol das crianças, na pracinha, no grupo de whats da escola, ou simplesmente, essa amizade pode ter sido retomada no momento que sua antiga amiga virou mãe…

Não importa…o que importa é que essa amizade é sincera, genuína, com mães se entendendo e não se julgando…se apoiando e trocando confidencias enquanto os filhos aproveitam a infância da melhor forma…brincando e se divertindo com outras crianças… e você e sua amiga ou suas amigas…bom, vocês a essa altura, já estreitaram laços que ultrapassam a maternidade, vocês são amigas da maternidade para a maturidade…

Obrigada a todas as minhas amigas mães, que compartilham comigo essa amizade onde vai e volta o assunto é o mesmo, nosso amor e preocupação com nossos pequenos.

 

COMPARTILHAR