Balneário Pinhal registra o primeiro óbito por coronavírus

Prefeitura publica um novo decreto e adotará as medidas impostas no protocolo da bandeira vermelha; paciente do município terá que ser internado em outra região por falta de leitos no Litoral Norte

Imagem ilustrativa

O município de Balneário Pinhal registrou nessa terça-feira (28), o primeiro óbito de paciente diagnosticado com o coronavírus. A prefeita Marcia Tedesco lamentou a morte do paciente. “É com muita dor, que comunico a perda de um senhor de 82 anos de idade, que estava internado há 10 dias no Hospital de Tramandaí e infelizmente veio a falecer na tarde de ontem” disse ela em uma rede social.

A manifestação da prefeita chama a atenção. Marcia afirmou que está providenciando uma UTI móvel para transportar um paciente até o Hospital de Vacaria. Segundo ela, no Litoral Norte não há mais leitos. De Balneário Pinhal a Vacaria são aproximadamente 350 Km, mais de quatro horas de viagem.

Após o registro do óbito, a prefeitura emitiu um novo decreto e adotou as regras impostas na bandeira vermelha, de risco alto para o coronavírus, e que restringe o funcionamento do comércio.

Apesar de o Litoral Norte estar classificado com a bandeira vermelha no Distanciamento Controlado, o município de Balneário Pinhal estava enquadrado na Regra 0-0 e adotava as normas da bandeira laranja, pois não tinha registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias.

COMPARTILHAR