Balneário Pinhal tem quase 100 casas danificadas pelo granizo

Defesa Civil do município concluiu trabalho de distribuição de lonas na tarde deste domingo; entenda o fenômeno que provoca a chuva de granizo

Defesa Civil contabilizou pelo menos 96 danificadas pelo granizo em Balneário Pinhal. Foto: Divulgação

A equipe da Defesa Civil Municipal de Balneário Pinhal trabalhou por mais de 12 horas para auxiliar moradores que tiveram as casas danificadas pelo temporal de granizo da madrugada deste domingo (05). Os servidores públicos distribuíram lonas para cobrir os imóveis que tiveram os telhados quebrados pelas pedras de gelo.

Conforme o coordenador da Defesa Civil e vice-prefeito do município, Alequis Pinto, foram contabilizadas pelo menos 96 casas com algum tipo de avaria devido ao granizo. A ação para auxiliar a população seguiu até às 16h30. Apesar do grande prejuízo material ninguém ficou ferido.

Pela manhã, cerca de 30 famílias já tinham recebido auxílio da Defesa Civil. A prefeita Márcia Tedesco liberou, excepcionalmente, o funcionamento por meio de tele entrega de ferragens e madeireiras ao longo deste domingo para que as pessoas pudessem adquirir materiais para consertar os imóveis. Os estabelecimentos estavam fechados devido à decreto referente à pandemia do coronavírus.

Meteorologista Ludmila Pochmann, do Litoral na Rede, explica o fenômeno que provoca a chuva de granizo

Foto: Defesa Civil de Balneário Pinhal

“A passagem de uma frente fria gerou uma linha de instabilidade trazendo chuva e tempestades pontuais na madrugada e manhã deste domingo no Litoral Norte. A linha de instabilidade é formada pelo encontro da frente fria com o ar mais quente.

Pelo deslocamento do ar frio ser muito rápido, abruptamente, o ar quente é empurrado para cima e forma nuvens muito grandes.  Essas nuvens além de conter grande quantidade de água, por ficarem muito altas rapidamente, acabam formando granizo no seu topo.

Por se formarem com essa velocidade elevada, é muito difícil prever onde e quando pelotas de granizo vão cair.”

COMPARTILHAR