Bandeira vermelha é confirmada na região com novas regras

Novos protocolos possibilitam a abertura do comércio e restaurantes

A partir da 0h desta terça-feira (11), começa a vigorar no Litoral Norte a bandeira vermelha, classificação confirmada pelo governo do Estado, no fim da tarde desta segunda-feira (10). Essa é 14ª rodada do Distanciamento Controlado.

Dos 23 municípios do Litoral Norte, apenas Capivari do Sul, Caraá, Cidreira, Mampituba, Maquiné, Tavares e Três Forquilhas, podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Na roda anterior, a região havia sido classificada com a bandeira laranja, após ter ficado seis semanas consecutivas na bandeira vermelha. Na última semana, com a adesão da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e das 27 associações regionais, o governo alterou os protocolos da bandeira vermelha.

As mudanças envolvem o comércio varejista e atacadista não essencial, localizado em ruas, centros comerciais e shoppings, e o funcionamento de restaurantes.

Com a bandeira vermelha, agora, o comércio varejista e atacadista não essencial poderão abrir, mas somente de quarta-feira a sábado, em horário reduzido, das 10h às 16h, para não coincidir com a movimentação de serviços essenciais.

No caso dos restaurantes à la carte, prato feito e buffet sem autosserviço poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. O setor terá que se adequar as regras, como funcionar com 50% de trabalhadores e 25% de lotação, entre outras exigências.

As modalidades de tele-entrega, drive-thru e pague e leve seguem permitidas durante todos os dias da semana.

COMPARTILHAR