BM coíbe aglomerações e dispersa mais de 4 mil pessoas no Litoral Norte

Ações fazem parte da “Operação Avante Força Total 24 horas”; quatro adultos foram presos e dois adolescentes apreendidos

BM dispersou aglomeração no calçadão de Capão da Canoa. Foto: 2º BPAT

A Brigada Militar desencadeou no inicio desta quarta-feira (30), a Operação Avante Força Total 24 horas, nos 13 municípios da área 2º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPAT). O reforço das ações de prevenção e repressão à criminalidade deve ocorrer durante todo o dia.

Além do combate ao crime, os policiais também atuaram para coibir aglomerações de pessoas devido aos decretos do governo do Estado e dos municípios para prevenir o contágio pelo coronavírus. Os PMs dispersaram cerca de 4.600 pessoas nas cidades de Arroio do Sal, Capão da Canoa, Imbé, Torres e Tramandaí.

Em menos de 12 horas da operação, os PMs abordaram 418 pessoas. As abordagens resultaram em quatro prisões em Capão da Canoa e na apreensão de dois adolescentes em Arroio do Sal. De acordo com a BM, as prisões ocorreram devido a cumprimento de mandado de prisão, desacato contra guarnição e furto qualificado. No caso dos adolescentes apreendidos, eles estavam com drogas.

Os policiais militares também estão realizando barreiras. Até meio-dia, mais de 150 veículos foram abordados. Um dos automóveis foi guinchado e três motoristas foram multados. Segundo a BM, os PMs também fiscalizaram 40 estabelecimentos comerciais.

COMPARTILHAR