Brigada Militar e PM de SC descobrem laboratório para produção de drogas

Entorpecentes produzidos em Florianópolis eram comercializadas no Litoral Gaúcho; aproximadamente 60 pés de maconha e porções de haxixe foram apreendidos

Laboratório de produção de drogas funciona em Florianópolis. Foto: PMSC

Uma ação conjunta da Brigada Militar (BM) e da Polícia Militar de Santa Catarina resultou na localização de um laboratório para produção de maconha, nesta terça-feira (06). A descoberta foi feita a partir de ações dos policiais da Agência Regional de Inteligência da BM do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, que identificaram que drogas preparadas em Florianópolis estavam sendo comercializadas na região.

O responsável pelo laboratório foi abordado, na última quinta-feira (1º), na Estrada Geral da Borrússia, em Osório. Ele estava em um Ford Ka, com mais de R$ 25 mil em espécie e porções de maconha, e não soube explicar a origem do dinheiro. A quantia foi apreendida e o suspeito acabou liberado após registro na Delegacia de Polícia.

A partir da abordagem, os policiais da Agência Regional de Inteligência, apuraram que a cidade de Osório foi um ponto de encontro do homem com outro traficante. Os militares descobriram que o motorista de um Onix, com placas de Xangri-Lá, teria entregue um sacola com dinheiro ao condutor do Ka e recebido dele um pacote, onde estaria uma quantidade de drogas.

Com os fortes indícios de tráfico de entorpecentes, os PMs identificaram o endereço do suspeito de ter comprado a mercadoria ilegal e passaram a monitorá-lo. O homem, de 22 anos, foi preso na noite dessa segunda-feira (05), no bairro Guará, em Xangri-Lá.

Homem foi preso com Haxixe em Xangri-Lá. Foto: Brigada Militar

Com ele, estava o carro Onix, visto em Osório, uma balança de precisão e 223 gramas de haxixe, droga extraída das folhas da Cannabis sativa, mas com concentração de THC mais de três vezes maior do que a maconha. O preso foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes.

Laboratório em Florianópolis

Sessenta pés de maconha foram apreendidos. Foto: PMSC

A partir das informações repassadas pela Brigada Militar, a Polícia Militar de Santa Cataria já estava monitorando, em Florianópolis, o suspeito de produzir as drogas, que havia sido abordado na semana passada, em Osório. O homem, que é gaúcho, mora no estado vizinho.

Na madrugada desta terça-feira, uma equipe da PM catarinense abordou o suspeito no bairro Pântano do Sul, no Sul da Ilha. No seu carro, o mesmo que utilizou para vir ao Litoral Gaúcho, os policiais encontraram porções de maconha. Logo depois perceberam odor intenso da droga e descobriram a plantação na casa do traficante.

O laboratório para produção dos entorpecentes ficava atrás de uma porta falsa em um dos quartos do imóvel. No local, foram apreendidos 60 pés de maconha e material para o cultivo da planta e a preparação das drogas, como refletores, fertilizantes, umidificador de ambiente e uma balança. Ele foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas.

COMPARTILHAR