Ciclone afeta abastecimento de água no Litoral Norte

Falta de água atingiu 13  municípios; Corsan diz que o problema é causado pela falta de energia elétrica

Foto: meramente Ilustrativa / Nithin Pa

Moradores de pelo menos 13 municípios do Litoral Norte estão enfrentando a falta d’água. O motivo, de acordo com a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), é a falta de energia elétrica provocada pelo ciclone extratropical que atingiu a região.

Segundo a companhia, devido a queda de energia, os sistemas de abastecimento ficaram impossibilitados de funcionar. “Equipes estão trabalhando para regularizar a situação o mais breve possível, e os sistemas estão voltando a operar gradativamente. A normalização total do fornecimento de água está prevista para ocorrer ainda nesta quarta-feira, 1º de julho”, informou a Corsan.

Segundo a Corsan, a interrupção do abastecimento atingiu todos os bairros dos municípios de Imbé, Tramandaí, Osório, Torres, Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Terra de Areia e Três Cachoeiras.

Em Capão da Canoa, há falta de água nos distritos de Arroio Teixeira e Curumim. Em Xangri-lá, no Balneário Atlântida. Em Palmares do Sul, no Balneário Quintão e Granja Vargas. Também há registros em Mostardas e Cidreira.

COMPARTILHAR