“Conseguimos uma grande vitória” diz presidente da Amlinorte após governo manter cogestão

Prefeitos devem se reunir nesta terça-feira para alinhar os protocolos a serem adotados nos municípios

Mapa definitivo da 42ª rodada do Distanciamento Controlado

Apesar do Litoral Norte ter sido classificado com a bandeira preta e mesmo com o pedido de reconsideração indeferido pelo governo do Estado, os municípios do Litoral Norte devem adotar protocolos da bandeira vermelha, isso porque o governador Eduardo Leite decidiu manter o sistema de cogestão.

Após esta decisão, o presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte) e prefeito de Itati, Flori Werb, comemorou a manutenção da cogestão. “Conseguimos uma grande vitória, que foi a manutenção da cogestão, mas alertamos que estamos em bandeira preta e que cada cidadão tem o dever de cumprir com os protocolos sanitários, a fim de conter o avanço da pandemia em nossa região”, declarou.

Na manhã desta terça-feira (23), os prefeitos dos 23 municípios devem se reunir para alinhar os protocolos a serem adotados na região. Na reunião será elaborado um novo Plano de Cogestão que será encaminhado ao Governo do Estado, que poderá ou não aprová-lo.

Cogestão Mantida

Com a cogestão mantida, o Gabinete de Crise decidiu, ampliar as restrições à circulação de pessoas em todo o Estado. Independentemente da bandeira da região, a janela de horário da suspensão geral de atividades não essenciais, a partir desta terça-feira (23), será ampliada em duas horas: começando mais cedo, às 20h, e indo até as 5h.

A decisão pela manutenção da cogestão e da ampliação das restrições à circulação de pessoas, ocorreu após uma reunião entre o governador Eduardo Leite, o Conselho de Crise para o Enfrentamento da Epidemia Covid-19 e com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e associações regionais.

Na reunião com a Famurs e associações regionais, os representantes pediram pela manutenção da cogestão do Distanciamento Controlado – na qual as regiões que decidirem aderir podem adotar protocolos próprios desde que não menos restritos que os protocolos da bandeira anterior (por exemplo, regiões em bandeira preta podem adotar protocolos de bandeira vermelha).

Leia mais

Hospital de Tramandaí suspende visitas devido ao avanço da pandemia

Governo do RS amplia horário de suspensão das atividades em todo o estado: das 20h ás 5h

Mapa definitivo da 42ª rodada mantém 11 regiões com risco altíssimo para coronavírus

Secretaria da Saúde orienta para a suspensão de cirurgias eletivas até 31 de março

Hospital de Tramandaí terá mais cinco leitos de UTI e taxa de ocupação de leitos de UTI do SUS atingiu 100% na região

Litoral Norte ingressa com recurso e contesta bandeira preta

COMPARTILHAR