Coronavírus: Litoral Norte registra 403 casos e cinco mortes em três dias

Número de pacientes com a doença ativa bateu novo recorde e se aproxima de 1.400

Foto: Secretaria Estadual da Saúde / Divulgação

No dia em que foi confirmada a classificação com a bandeira vermelha para o Litoral Norte, os números do boletim do Comitê de Emergência (COE) da 18ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) voltaram a mostrar a evolução da pandemia na região. De sábado (14) até esta segunda-feira (16), foram registrados 403 novos casos de coronavírus e cinco mortes de pacientes diagnosticados com a covid-19.

A quantidade de pessoas com a doença ativa, em tratamento ou isolamento, teve novo recorde hoje, são 1.395. O total de casos chegou a 12.174, com 10.553 pacientes recuperados.

Desde sábado, também foram registradas mais cinco mortes relacionadas ao coronavírus. Os óbitos informados no boletim são de moradores de Tramandaí, Imbé, Capão da Canoa, Xangri-Lá e Osório.  São ao todo 226 óbitos.

Em Tramandaí foi o 31º. O município tem 1.266 casos confirmados e 770 recuperados. Em Imbé, são 23 mortes, 796 diagnósticos positivos e 708 recuperados.

Osório acumula 35 óbitos e 3.002 casos, sendo que 2.803 pessoas já superaram a doença.  Capão da Canoa soma 32 mortes, 1.844 diagnósticos e 1.605 pacientes recuperados. Já Xangri-Lá chegou a 10 óbitos e 248 casos, com 204 recuperados.

O COE alerta que apenas nos primeiros 16 dias de novembro, o número de exames positivos já é maior que o registrado em todo o mês de julho e muito próximo dos casos contabilizados ao longo dos meses de agosto, setembro e outubro.

Gráfico: COE da 18ª CRS

A taxa de ocupação média das UTIs da região está em 96%. Não há leitos de UTI disponíveis nos hospitais de Osório, Torres e Tramandaí. Ao todo há 96 moradores do Litoral Norte com confirmação ou suspeita de covid-19 que estão hospitalizados em terapia intensiva ou em leitos clínicos.

COMPARTILHAR