Delivery de alimentos direto do produtor une o campo e a cidade no Litoral

Sistema de entrega de produtos da agricultura familiar se consolidou na região; veja os depoimentos de quem já utiliza o serviço que atende 11 cidades e saiba como funciona o Fitt Delivery

Agricultor da Coomafitt entrega alimentos a cliente em Tramandaí. Foto: Coomafitt

Receber na porta de casa produtos fresquinhos, recém-colhidos na lavoura, é uma realidade para centenas de moradores do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Os próprios agricultores familiares que cultivam os alimentos realizam a entrega em 10 cidades da região e em Canoas, na Grande de Porto Alegre.

O Fitt Delivery, criado pela Cooperativa Mista de Agricultores de Itati, Três Forquilhas e Terra de Areia (Coomafitt), em abril, já teve entregas para mais de 500 clientes. O serviço se consolidou com a necessidade de isolamento, mas conquistou clientes que não pretendem abrir mão desse contato mais direto entre o campo e a cidade e de ter certeza da origem do que consomem.

A estudante de Gestão Comercial, Sofia Pinto Duarte, mora no bairro Areias Brancas, em Arroio do Sal, e utiliza o serviço há aproximadamente dois meses, a partir de uma recomendação de sua mãe, que a presentou com uma cesta de produtos da Coomafitt.

“A experiência de atendimento com a agricultura familiar já é boa, e ainda os alimentos vem com qualidade, são bonitos e alguns duram por muito tempo, dependendo do armazenamento. Vale a pena, levando em consideração a qualidade dos alimentos, o atendimento delivery semanal e pela segurança de receber os orgânicos também”, disse Sofia ao Litoral na Rede.

Em Imbé, a estudante de Engenharia Agronômica, Laura Campana Campani, adotou o serviço da cooperativa. “Toda semana a felicidade é grande com as cestas da Coomafit: comida de verdade. Ficamos sempre impressionados com o capricho e atenção com os consumidores e consumidoras”, afirmou.

Fitt Delivery já entregou alimentos a mais de 500 clientes.

A educadora física e subgerente do Sesc de Tramandaí, Bruna Ferreira, já incluiu na rotina os pedidos semanais, feitos pela internet, de produtos da agricultura familiar que são entregues na sua casa em Nova Tramandaí.

“Conseguir estreitar essa relação entre o produtor e o consumidor é bem importante para fortalecer a agricultura familiar, pra não deixar morrer. E é um alimento mais fresquinho, que chega direto pra gente. Eu noto a qualidade, o sabor. A apresentação do produto é completamente diferente, não vem nada estragado”, contou Bruna.

A educadora física lembrou ainda que sugeriu à Coomafitt que abrisse a possibilidade de incluir itens adicionais às cestas e que a ideia foi acatada, facilitando as suas compras. Ela diz que sempre pede a geleia de banana. “A geleia é sensacional” recomendou.

Para fazer o pedido e conhecer todas as opções de cestas e produtos da agricultura familiar, basta acessar o link http://bit.ly/DeliveryFitt. As encomendas são realizadas até às 12h das terças-feiras.

Também é possível tirar dúvidas e falar diretamente com os agricultores da cooperativa pelo Whatsapp 51- 98350-0128.

Uma relação de confiança e amizade

São os próprios agricultores que realizam as entregas das cestas de alimentos, todas as quintas-feiras, em 10 municípios do Litoral Norte: Capão da Canoa, Tramandaí, Osório, Imbé, Xangri-lá, Arroio do Sal, Maquiné, Itati, Três Forquilhas e Terra de Areia. As entregas também são feitas em Canoas, na região metropolitana.

Sidnei é um dos agricultores responsáveis por entregar os alimentos. Foto: Coomafitt

O agricultor Sidnei Justin Witt é responsável pela rota de Tramandaí e Imbé. Ele também trabalha na roça junto com a família em Itati e é um dos jovens que está à frente da Coomafitt, como tesoureiro da cooperativa. Ele contou ao Litoral na Rede que, ao levar os produtos até a casa das pessoas, estabelece uma relação mais próxima com os consumidores.

Sidnei disse que muitas vezes consegue esclarecer dúvidas dos clientes do Fitt Delivery sobre como funciona o cultivo dos alimentos. “A gente consegue responder sobre algumas receitas ou sobre alimentos orgânicos. Como já temos um conhecimento sobre plantas, conseguimos interagir melhor com o cliente”, destacou.

Ele comemora que a interação mais próxima entre o campo e cidade também tem garantido novas amizades e uma relação de confiança com os clientes. “Há umas duas semanas, recebemos um elogio do pessoal de Tramandaí, porque realizamos as entregas mesmo com muita chuva. Era um temporal bem forte e a gente não deixou de fazer as entregas nesse dia”, lembrou o agricultor.

Leia também:

Saiba como o cooperativismo muda a vida de agricultores do Litoral Norte

Agricultores do Litoral vendem alimentos pela internet e entregam em casa

COMPARTILHAR