Ex-vice-prefeito de Torres é condenado a 9 anos e 2 meses de prisão

Político exerce mandato como vereador do município

Fórum de Torres. Foto: DINFRA/TJRS

Ao julgar parcialmente procedente denúncia oferecida pelo Ministério Público, a Justiça de Torres condenou, nesta quinta-feira, 10, o ex-vice-prefeito e atual vereador da cidade, Valmir Daitx Alexandre, conhecido como Pardal, e seu sócio, Ademir Maia Silveira, pelos crimes de lavagem de dinheiro e peculato. Pardal foi condenado a pena de nove anos e dois meses de reclusão em regime inicial fechado. Ademir foi condenado a pena de seis anos e sete meses em regime inicial semiaberto.

Além das penas de prisão, os réus também não poderão exercer cargos ou funções públicas pelo prazo de cinco anos e terão seus bens e imóveis confiscados em favor do município.

Conforme a denúncia, oferecida pelo MP em 2014, os réus praticaram crimes contra a Administração Pública, por meio de fraudes licitatórias e destinação dos recursos desviados para a construção de empreendimento imobiliário de grande porte, de propriedade de ambos.

A Justiça reconheceu, conforme narrado no documento, que é “escancaradamente ilegal que uma mesma pessoa (Pardal) detivesse poder de gestão do ente público municipal e ao mesmo tempo fosse o dono da sociedade empresária contratada (pelo Município), inclusive em licitação sem concorrentes”.

Informações do MPRS

 

COMPARTILHAR