Filhote de baleia encalha e é salvo por pescador em Xangri-Lá 

O animal de aproximadamente 3 metros foi devolvido ao mar e voltou para os cuidados da mãe que estava próxima

Um filhote de baleia encalhou nesta quarta-feira (7), nas proximidades da guarita 104, na praia de Rainha do Mar, em Xangri-Lá. O pescador Ronaldo de Lima Schaedler, que caminhava na faixa de areia, por volta das 13 horas, notou que algo estranho estava ocorrendo e percebeu que o animal havia encalhado. No local, também havia outras moradoras, que o auxiliaram.

Ronaldo contou emocionado ao Litoral na Rede que, felizmente, o animal de aproximadamente 3 metros foi salvo e voltou para os cuidados da mãe, que estava nadando nas proximidades, a procura do filhote. “É muito emocionante, pois nós pescadores trabalhamos muito, defendemos e cuidamos dos animais. As baleias são ameaçadas de extinção”, relatou.

O pescador explicou como conseguiu salvar o filhote de baleia que estava em apuros na beira do mar. O salvamento durou aproximadamente 30 minutos. “Com as minhas mãos e com muita força fui a empurrando e a rolando com a ajuda da maré. Ele era muito pesado e felizmente consegui o salvar”, comemorou.

O biólogo especialista em mamíferos marinhos, Ignacio Moreno, do Ceclimar / UFRGS, analisou as imagens e informações repassadas pelo pescador ao Litoral na Rede. Ele avaliou que o animal é um filhote da espécie Minke-anã.

Segundo o pesquisador, esta espécie é bastante comum em todo o litoral brasileiro. “Ao contrário de outras baleias, que têm hábito mais costeiros, como as francas, essa espécie fica, normalmente, mais afastada da costa aqui no Rio Grande do Sul”, salientou.

Ignacio aponta que, normalmente, quando ocorre um encalhe é porque o animal já tem algum problema ou, no caso de filhote, se perdeu da mãe.

Foto: Ronaldo de Lima Schaedler
COMPARTILHAR