Homem que arremessou cão por cima de muro é preso em Capão da Canoa

Polícia Civil o localizou a partir de vídeo compartilhado nas redes sociais; flagrante foi pelo crime de maus-tratos a animais

Polícia Civil localizou o cãozinho e prendeu homem que arremessou o animal por cima de um muro. Foto: Polícia Civil

A equipe da Delegacia de Polícia de Capão da Canoa prendeu, na noite desta quinta-feira (07), um homem que arremessou um cachorro no meio da rua, por cima de um muro, no bairro Santa Luzia. A cena de maus-tratos foi registrada em vídeo, compartilhado nas redes sociais, causando grande comoção e mobilizando os policiais.

Os agentes encontraram o animal, que ainda tinha um ferimento devido à queda após ser arremessado. Logo depois, localizaram o homem de 58 anos. Ele foi levado para realizar exames no posto de saúde e, em seguida para a Delegacia de Polícia, para o registro do flagrante.

De acordo com a Polícia, o preso era dono de um imóvel e arremessou o cachorro por cima do muro porque não queria que os inquilinos mantivessem o animal de estimação na casa de sua propriedade.

Prisões em flagrante como a feita em Capão da Canoa são possíveis desde o fim de 2020. No fim de setembro, o presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei, aprovado anteriormente pelo Congresso Nacional, que aumentou as penas para quem maltratar cães e gatos, que passaram para de dois a cinco ano de reclusão.

Conforme o chefe de investigação da Delegacia de Capão da Canoa, comissário Renato Toscani, o cão foi entregue a uma pessoa apta a cuidá-lo.

COMPARTILHAR