Litoral Norte tem reforço de mais 10 leitos de UTI

Governador Eduardo Leite participou da abertura das novas vagas no Hospital de Osório

Hospital de Osório passa contar com 20 leitos de UTI. Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Mais 10 leitos de UTI foram abertos no Hospital São Vicente de Paulo, em Osório, nesta quarta-feira (13). O governador Eduardo Leite e a secretária da Saúde, Arita Bergmann, participaram do ato. Com esse reforço, o Litoral Norte passa a contar com 62 leitos de terapia intensiva, sendo 61 pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o governo do Estado, com esses novos leitos, a ampliação de vagas de UTI na região chega a 135%, desde o início da pandemia. O Hospital de Osório já tinha outras 10 vagas criadas em abril deste ano, também destinados ao tratamento de pacientes graves com a covid-19.

As prefeituras do Litoral Norte, por meio da Associação dos Municípios (Amlinorte), repassaram aproximadamente R$ 1 milhão para a instituição ampliar a oferta de leitos de UTI. Inicialmente, o governo do Estado garantirá o custeio das novas vagas.

“Seguimos empenhado em garantir atenção aos municípios tanto na questão da alta complexidade, com novos leitos de UTI SUS, quanto na prevenção à Covid-19 por meio distanciamento, que ainda é fundamental para que possamos reduzir o nível de contágio e a demanda hospitalar. Até que o Ministério da Saúde faça a habilitação desses leitos, o Estado vai garantir os recursos necessários para o funcionamento das novas UTIs”, destacou o governador.

“Direcionamos especial atenção a este hospital, em Osório, pois sabemos da carência de leitos na região. Somamos, hoje, mais 10 leitos de UTI, que vão qualificar o atendimento não só aos moradores da cidade, mas a todo o Litoral Norte. Agradecemos pelo esforço e pela dedicação conjunta de diretores, prefeitos e profissionais da saúde neste momento delicado”, disse a secretária Arita.

Governador Eduardo Leite e a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, estiveram no Hospital de Osório. Foto: Gusrtavo Mansur / Palácio Piratini

A partir desta quinta-feira (14), a nova estrutura passará a integrar a central de regulação da Secretaria Estadual da Saúde.  No fim da tarde desta quarta-feira, o mapa de leitos da Secretaria, dos 52 leitos de terapia intensiva já existentes, antes desse reforço, na região, 48 estavam ocupados (92,3%).

Em mais da metade dos leitos de UTI ocupados na região os pacientes foram diagnosticados com covid-19: são 25 pessoas, o que representa 52,1%. Há outros quatro casos suspeitos e 19 pacientes que tratam outras doenças.

Como fica a distribuição de leitos de UTI na região

Hospital Tramandaí –  21 leitos SUS

Hospital São Vicente de Paulo (Osório) – 20 leitos SUS

Hospital Santa Luzia ( Capão da Canoa) –  10 leitos SUS e 1 leito privado

Hospital Nossa Senhora dos Navegantes (Torres) – 10 leitos SUS

COMPARTILHAR