Mais 13 óbitos por Covid-19 são notificados no Litoral Norte

Número de pessoas com a doença ativa, no entanto, é o menor em quase 40 dias

Foto: Secretaria Estadual da Saúde / Divulgação / Arquivo

O Litoral Norte do Rio Grande do Sul teve mais 13 mortes de pacientes por Covid-19 notificadas, nesta terça-feira (06). Por outro lado a quantidade de novos casos e de pessoas com a doença ativa vem diminuindo nos últimos dias, após mais de um mês em alta, conforme dados dos boletins divulgados pelo Centro de Operações de Emergência (COE) da 18ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS).

De acordo com o COE, com as novas notificações a região alcançou 1.014 mortes relacionadas ao coronavírus. Os óbitos mais recentes foram de três moradores de Osório, três de Imbé, dois de Balneário Pinhal, dois de Capão da Canoa, um de Caraá, um de Terra de Areia e um de Tramandaí.

As cidades como mais vítimas da doença, desde o início da pandemia, são Capão da Canoa (143), Tramandaí (141), Osório (121), Santo Antônio da Patrulha (117), Imbé (94) e Torres (80). Juntos, esses seis municípios, que são os mais populosos do Litoral Norte concentram 68,6% das mortes relacionadas à doença na região.

Casos ativos em queda

Em 24 horas, o Litoral Norte teve o registro de mais 196 diagnósticos. Para efeito de comparação, as duas terças-feiras anteriores, dias 23 e 30 de março, foram notificados, respectivamente, 348 e 305 novos casos de coronavírus.

Nos últimos sete dias foram 1.287 exames positivos, 26% menos que no período de sete dias anterior, entre 23 e 30 março, quando houve 1.752 registros.

Após mais de um mês com restrições mais duras a partir do colapso no sistema de saúde, o número de pessoas com a doença ativa, ou seja, que estão em tratamento começou a diminuir na semana passada e mantém esta tendência.

Nesta terça eram 3.054 pacientes em recuperação. É a menor quantidade registrada desde 26 de fevereiro, quando havia 3.082 casos ativos e iniciava a fase mais crítica e fatal da pandemia na região.

COMPARTILHAR