Marinha amplia em 69% o número de embarcações fiscalizadas no Litoral Norte

Agência da Capitania do Portos em Tramandaí divulgou o balanço dos primeiros 30 dias da Operação Verão

Foto: Marinha do Brasil

A Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí  intensificou as ações de fiscalização do tráfego aquaviário no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. No primeiro mês de Operação Verão, os militares da Marinha do Brasil fiscalizaram 476 embarcações na região, o número é 69% maior que o do mesmo período da temporada passada.

Nesse período, foram emitidas 22 notificações e houve a apreensão de quatro embarcações. A fiscalização tem como principais alvos as de transporte de passageiros empregadas nas atividades de turismo náutico e as destinadas ao esporte e lazer náutico, como lanchas e motos aquáticas.

O Capitão de Coverta Darcy Dalbon, comandante da Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí, explicou que nas ações são verificadas as condições de segurança das embarcações. Segundo ele, os militares observam o material de salvatagem, como coletes salva-vidas, boias circulares e extintores de incêndio.

Também são solicitados os documentos da embarcação e do condutor e realizados teste com etilômetro.

Denúncias de irregularidades no Litoral Norte do Rio Grande do Sul podem ser encaminhadas à Agência de Tramandaí. Os canais são o telefone (51) 3684-2037, o WhatsApp (51) 99933-0411 ou o e-mail [email protected]

Veja as orientações da Marinha para uma navegação segura

Foto: Marinha do Brasil

1) Esteja atento e vigilante durante a navegação. Você é o responsável por tudo que acontece a bordo.

2) Navegue a mais de 200 metros de distância da praia, respeite os banhistas.

3) Tenha em mãos a sua habilitação e os documentos obrigatórios.

4) Conduza sua embarcação com velocidade segura. Isso permite a realização de manobras em caso de situação imprevista e evita acidentes.

5) Faça manutenção preventiva na sua embarcação.

6) Não consuma bebidas alcoólicas quando for conduzir sua embarcação.

7) Conheça bem todos os lugares por onde a embarcação irá navegar.

8) Conheça a previsão do tempo antes de sair e fique atento às possíveis mudanças.

9) Previna incêndios em sua embarcação. Pequenas medidas, como verificar o quadro elétrico e a validade dos extintores de incêndio evitam grandes tragédias.

10) Respeite o limite de pessoas a bordo e garanta a estabilidade da embarcação. A maioria dos acidentes com vítimas fatais são causados por esse descuido.

11) Informe seu plano de navegação e a lista das pessoas a bordo ao seu iate clube. Leve sempre um equipamento de comunicação.

12) Calcule o consumo de combustível para ir e voltar. Faça o cálculo em três partes: um terço para ir, outro para voltar e um de reserva.

13) Quando ancorado, não acione motores ou movimente a embarcação se tiver alguém por perto na água.

14) Tenha coletes salva-vidas para todos a bordo. O colete salva-vidas deve ser homologado pela Marinha do Brasil.

15) Não polua mares, rios e lagoas. Lugar de lixo é no lixo.

COMPARTILHAR