Marinha fiscaliza mais de 1.000 embarcações no Litoral Norte

Quem observar irregularidades no mar, rios e lagoas pode denunciar; saiba como

Foto: Marinha do Brasil / Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí / Arquivo

Desde o início da Operação Verão, a Marinha do Brasil, através da Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí, intensificou as fiscalizações de embarcações, marinas, clubes náuticos, obras e em plataformas no Litoral Norte. De acordo com a agência, mais de mil embarcações já foram abordadas.

As ações reforçadas iniciaram no dia 15 de dezembro. Segundo a agência, o objetivo é conscientizar os condutores e os passageiros de embarcações sobre a importância das regras de segurança da navegação, de modo a reduzir o risco de acidentes e divulgar a mentalidade marítima.

A agência informou que de 15 de dezembro a 26 de janeiro, foram abordadas 1.003 embarcações. O número representa um aumento de 75% em relação ao mesmo período do ano passado. Neste ano, das embarcações fiscalizadas, houve a apreensão de duas. Os militares emitiram ainda, 23 notificações.

Durante as abordagens, os inspetores navais verificam a habilitação dos condutores, documentação das embarcações, material de salvatagem (coletes e boias), extintores de incêndio, luzes de navegação, a lotação e o estado de conservação das embarcações, além de submeterem os condutores ao teste com etilômetro.

Como denunciar

Mesmo com as ações de fiscalização por inspetores navais, a Marinha conta com a colaboração da população. Quem observar irregularidades no mar, rios e lagoas pode informar através do número (51) 3684-2037.

Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí

A Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí tem sob sua jurisdição 25 municípios, e conta com um efetivo de 25 militares, tendo como missão zelar pela segurança da navegação, salvaguardar a vida humana e prevenir a poluição hídrica nos mares, rios e lagoas. A Operação Verão 2020/2021 irá se estender até o dia 15 de fevereiro.

COMPARTILHAR