Morre aos 100 anos, em Osório, integrante da Força Expedicionária Brasileira

Centenário do militar havia sido marcado por homenagens

Tenente Nestor Antônio da Santos faleceu aos 100 anos. Imagem: reprodução / Arquivo

O tenente Nestor Antônio dos Santos, integrante da Força Expedicionária Brasileira, morreu aos 100 anos, nessa terça-feira (22), em Osório. Natural e morador da cidade do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, o militar participou da 2ª Guerra Mundial, na década de 1940.

O corpo do veterano está sendo velado na Capela B da Funerária São José, no Centro de Osório, e o sepultamento está previsto para 15h desta quarta-feira (23) no Cemitério Nossa Senhora da Conceição.

O Exército Brasileiro, por meio do Comando Militar do Sul (CMS), emitiu nota sobre a morte do combatente.  “O Tenente Nestor Antônio do Santos, herói da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na 2ª Guerra Mundial, nos deixou nesta terça-feira, dia 22 de junho, com 100 anos de idade. O Exército Brasileiro nunca se esquecerá dos seus heróis”, diz o texto.

O ex-combatente foi para a Itália em dezembro de 1944, onde enfrentou a guerra por quase um ano. Ao completar 100 anos, em setembro de 2020, o tenente foi homenageado pelo CMS e pela Brigada Militar (BM).

Na ocasião, o militar recebeu uma boina do Exercito Brasileiro, uma medalha dos 75 anos de Força Expedicionária Brasileira e a medalha dos 100 anos da região militar. Também foi agraciado com a Moeda do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Litoral (CRPO Litoral) da BM.

Quer receber as notícias do Litoral na Rede no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo.

Siga o Litoral na Rede no Instagram. 

Leia mais notícias do Litoral Norte.

COMPARTILHAR