Onze projetos ambientais se unem para proteger o Litoral

I Painel Lixo Zero Litoral RS e SC foi realizado em Torres

Representantes de 11 projetos ambientais estiveram reunidos, nesse domingo (02), na Prainha em Torres, para avaliar ações de preservação do Litoral, dos oceanos, rios e lagos. Na primeira edição do Painel Lixo Zero Litoral RS e SC foram apresentadas as ações desenvolvidas por esses grupos para conscientizar a população sobre a importância de descartar corretamente os resíduos.

Os ambientalistas e o público presente puderam conhecer as ações voluntárias realizadas no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, no Litoral Sul de Santa Catarina e também nas praias de água doce de Porto Alegre.  A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs – Campus Osório) também apresentou pesquisas que estão sendo desenvolvidas sobre o impacto dos resíduos plásticos em algumas espécies de peixes.

O coordenador do Projeto Praia Limpa Torres, Alexis Sanson, que organizou o evento, afirmou que o painel “superou todas as expectativas, pois além da troca de informações, foi uma oportunidade de maior união em prol do movimento “Mares Limpos” (Campanha atual da ONU) e o estabelecimento de várias ações futuras”.

Ao final do encontro também foi lançada uma carta aberta, assinadas por todos os grupos participantes. O objetivo do documento é sensibilizar o poder público, os empresários e sociedade sobre a necessidade de iniciativas imediatas em relação ao impacto dos resíduos deixados no meio ambiente.

A coordenadora do Greenpeace de Porto Alegre, Cinthia Bordini, disse que “foi fantástico reunir tantos projetos ambientais e perceber que através de ações concretas se conseguem resultados expressivos em suas comunidades”. Ela também ressaltou a importância de causas ambientais nacionais, como os “corais vivos da Amazônia”, e regionais, como a preservação da Mata Atlântica e não canalização do Arroio Espírito Santo, em Porto Alegre.

O Coordenador do Projeto Mutirão Rosa dos Ventos de Atlântida Sul, Géio Krenn, destacou a oportunidade de obter informações de projetos que já estão a mais tempo em atividade. O grupo completou um ano no dia do painel. Krenn lembrou que tudo começou quando várias tartarugas marinhas foram encontradas mortas na faixa de praia.

Os participantes realizaram uma ação de limpeza na Prainha em Torres e recolheram aproximadamente 40 quilos de resíduos da areia em apenas 30 minutos. Entre os materiais mais recolhidos estão bitucas de cigarro, embalagens plásticas e até alguns resíduos inusitados como uma grelha de alumínio e uma peça da suspensão de um carro.

O painel reuniu ambientalistas Greenpeace Grupo de Voluntários de Porto Alegre e Imbé (RS); Praia Limpa Torres (RS), Praia Limpa Gaivota (SC), Onda Limpa (SC), Ecosurf (RS), Ocean Kings (RS), Mutirão Rosa dos Ventos (RS), Associação dos Surfistas de Rondinha (RS), Associação dos Surfistas de Porto Alegre (RS), UERGS (RS).

O Litoral na Rede apoiou o evento junto com outras empresas como Água Mineral Santo Anjo, Rádio Maristela, Jornal A Folha, Pinho Veículos e SAPT.

COMPARTILHAR