Policiais do Litoral prestam homenagens a agente do Denarc morto em operação

“Sirenaços” foram realizados em várias cidades da região. O policial Edler Gomes dos Santos, de 54 anos, foi morto enquanto cumpria mandado de busca e apreensão no município de Montenegro

A morte de um policial civil durante uma operação de combate ao abigeato, na manhã desta terça-feira (16), provocou diversas manifestações de pesar e de revolta nas redes sociais. No fim da tarde, em várias cidades do Litoral Norte servidores da Polícia Civil e da Brigada Militar estacionaram as viaturas e acionaram as sirenas em homenagem a Edler Gomes dos Santos, de 54 anos.

Os “sirenaços” e minuto de silêncio foram realizados em frente às Delegacias de Polícia e quartéis da BM em municípios como  Tramandaí, Capão da Canoa, Torres,  Osório e Maquiné.

Veja o vídeo

A delegada Nadine Anflor, chefe da Polícia Civil do Estado, divulgou nota de pesar. “Luto, dor e muita tristeza. Sentimentos à família do colega que tombou cumprindo o seu dever. Hoje morremos um pouco. Que a sociedade saiba sempre enaltecer seus policiais, verdadeiros heróis que queremos vivos, fortes e reconhecidos”, escreveu a delegada.

Esta foi a primeira morte de um policial civil em serviço no Rio Grande do Sul em 2019. Outros quatro policiais militares também foram mortos neste ano em ações combate à criminalidade.

COMPARTILHAR