Prefeitos do Litoral querem participar da gestão do sistema de bandeiras

Decisão foi tomada em assembleia da Amlinorte; ideia é desenvolver protocolos específicos para a região em parceria com a UFRGS

Presidente da Amlinorte e prefeito de Imbé coordenou a reunião. Foto: Divulgação

Os prefeitos dos 23 municípios do Litoral Norte do Rio Grande do Sul decidiram por unanimidade que querem participar da gestão do modelo de Distanciamento Controlado, mais conhecido como sistema de bandeiras, junto com o governo do Estado. A decisão unanime foi tomada durante assembleia virtual da Associação dos Municípios da região (Amlinorte) nessa quarta-feira (29).

Os gestores da região também aprovaram a criação do Comitê Técnico Científico do Litoral Norte através da parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), por meio do Campus localizado em Tramandaí. A decisão será encaminhada nesta quinta-feira (30) à Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e ao governo do Estado.

“Tão logo seja autorizado e acolhido nossa vontade pelo Governo do Estado, iremos apresentar um Plano Estratégico Seguro, mediante critérios técnicos e científicos, para protocolos sanitários específicos com objetivo de manter as pessoas seguras e salvar a economia e os empregos litorâneos dessa situação nefasta”, afirmou o presidente da Amlinorte e prefeito de Imbé, Pierre Emerim.

Prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto, participou da reunião junto com o secretário municipal da Saúde, Luciano Saltiel. Foto: Alanna Hanna / Prefeitura de Tramandaí

“Queremos essa gestão compartilhada, pois os prefeitos conhecem a realidade de seus municípios e, com isso, podemos buscar um equilíbrio: salvar vidas, protegendo nossa população do vírus, sem esquecer da saúde financeira dos nossos comerciantes, que hoje passam por momentos de muita dificuldade”, ressaltou o prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano.

Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, durante a assembleia da Amlinorte. Foto: Maria Luiza Lopes / Prefeitura de Capão da Canoa

Gestão compartilhada

No dia 21 de julho, o governador Eduardo Leite apresentou a prefeitos a proposta de coparticipação dos municípios no sistema de bandeiras.  A ideia apresentada é que o estado continue analisando os indicadores e realize o apontamento das bandeiras, mas que os municípios teriam a possibilidade de fazer os ajustes dos protocolos, em âmbito regional, através de um colegiado de prefeitos.

A Famurs, no entanto, não aceitou a proposta inicial do governo e foi aberto um diálogo envolvendo as Associações dos Municípios. A Amlinorte, por outro lado, se mobilizou e passou a defender que os municípios participem da gestão do modelo de Distanciamento Controlado para que a região possa adotar protocolos mais adequados à realidade local.

Litoral Norte está classificado com bandeira vermelha. Imagem: Reprodução Governo do RS

Parceria com a UFRGS

Na última terça-feira (28), o presidente da Amlinorte se reuniu com a direção do Campus Litoral Norte da UFRGS e solicitou apoio da instituição para analisar os dados da pandemia e da economia da região para embasar ajustes nos protocolos e restrições.

“O objetivo é construir uma orientação técnica que contemple a segurança sanitária, preservação da vida, economia e empregos, tão fragilizados na nossa região”, explicou o presidente da Amlinorte, Pierre Emerim.

Segundo ele, a preocupação dos prefeitos com as medidas sanitárias é primordial, porém os municípios precisam oferecer alternativas para evitar um colapso da economia regional. “Se não apresentarmos dados técnicos consistentes não teremos como provar as nossas peculiaridades e estabelecer medidas de controle e distanciamento social adequadas à nossa realidade”, defendeu.

A diretora geral do Campus Litoral Norte da UFRGS, Liane Ludwig Loder, se mostrou favorável ao projeto de auxílio técnico, acompanhada de uma equipe de professores e coordenadores do corpo docente. A Amlinorte estará dando suporte no levantamento de dados dos municípios, para auxiliar no trabalho de pesquisa. A equipe técnica deverá apresentar sugestões e metodologias de dados.

COMPARTILHAR