Raio teria causado incêndio que destruiu casa em Arroio do Sal

Bombeiros voluntários e militares trabalharam no combate às chamas

Raio teria provocado incêndio em Arroio do Sal. Foto: Bombeiros Voluntários de Arroio do Sal

Uma descarga elétrica atmosférica é a provável causa de um incêndio que destruiu uma residência, nesta segunda-feira (13), em Arroio do Sal. Equipes do Corpo de Bombeiros Voluntários do município e do Pelotão de Bombeiro Militar de Torres trabalharam no combate às chamas.

O fogo começou por volta das 16h. A casa queimada fica na Rua Afonso Angst, no balneário Jardim Oliva. Vizinhos que presenciaram o início do incêndio relataram aos bombeiros que o fogo começou após o imóvel ser atingido por um raio. Naquele horário, muitas descargas elétricas atmosféricas foram registradas na região.

Os bombeiros voluntários iniciaram o combate com a caminhonete da instituição, que armazena mil litros de água. Logo depois, chegaram os militares de Torres, com um caminhão e atuaram em conjunto.

O imóvel de madeira foi rapidamente consumido pelo incêndio. A ação rápida evitou que o fogo se alastrasse para casas vizinhas.  O trabalho dos bombeiros durou aproximadamente duas horas, entre controle do incêndio e o rescaldo. Ninguém se feriu. A residência é de veranistas e estava fechada.

Imóvel de madeira foi consumido pelo fogo. Foto: Bombeiros Voluntários de Arroio do Sal

No domingo (12), a meteorologista Ludmila Pochmann, do Litoral na Rede, alertou para o risco de temporais nesta segunda e terça-feira no Litoral Norte.

No fim de julho, uma casa também foi atingida por um raio em Tramandaí. O imóvel, no bairro Aldeia da Lagoa, ficou danificado, mas não houve feridos.

Quer receber as notícias do Litoral na Rede no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo.

Siga o Litoral na Rede no Instagram. 

Leia mais notícias do Litoral Norte.

COMPARTILHAR