Suspeito de atropelar jovem em Torres é identificado e o carro está apreendido

Kamyla Lopes Tormes, de 19 anos, está internada em estado grave e precisa de doadores de sangue

Foto: divulgação Polícia Civil

A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira (03), que foi identificado o homem que supostamente estava conduzindo um veículo que atropelou a jovem Kamyla Lopes Tormes, de 19 anos.  O acidente ocorreu na noite da última sexta-feira (28), na Avenida Castelo Branco, em Torres e o motorista fugiu sem prestar socorro à vítima, que se encontra hospitalizada, em estado grave.

De acordo com o delegado Juliano Aguiar de Carvalho, após várias diligências iniciadas na noite do atropelamento, os investigadores identificaram o suspeito relativo ao atropelamento e omissão de socorro. “Ele se apresentou na Delegacia acompanhando por advogado e esta sendo inquirido sobre os fatos, bem como o veículo envolvido no crime foi apreendido, sendo encaminhado para perícia. A vítima do Atropelamento encontra-se internada em estado gravíssimo”, afirmou o delegado.

Kamyla Lopes Tormes está internada no Hospital Cristo Redentor e precisa de doadores de sangue. Nesta segunda-feira (03), familiares informaram ao Litoral na Rede que hoje ela passou por dois procedimentos cirúrgicos, um na perna e o outro no braço. “Ela segue na UTI. O médico disse que o caso dela é muito delicado. Ela está sedada. A recuperação dela vai ser lenta e a internação será longa devido a gravidade da batida na cabeça”, afirmou Carol Lopes.

Doações de Sangue

As doações de qualquer tipo sanguíneo devem ser feitas no Banco de Sangue do Hospital Conceição, também na Capital. O endereço é Av. Francisco Trein, 596, no bairro Cristo Redentor.

O horário para doações é de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 17h, e aos sábados, das 7h30min às 12h. Informações sobre a doação podem ser obtidas pelo WhatsApp 51-3357-2072.

Vaquinha

Uma vaquinha on-line (clique aqui) foi criada para ajuda os familiares a se manterem em Porto Alegre, como alimentação e locomoção. “Essa vaquinha foi criada em prol da Kamyla Lopes Tormes que foi brutalmente atropelada e abandonada por quem a atropelou em via pública, Kamyla está internada no Cristo Redentor em Porto alegre ,em estado grave , já passou por duas cirurgias craniana ,está com pernas ,bacia ,braço e nariz quebrado , qualquer valor é bem vindo, sua mãe e irmã estão dormindo em frente ao hospital sentadas pois devido a Pandemia não podem entrar ,essa ajuda serve para que possam se alimentar, se locomover, se manterem até que nossa menina se recupere”.

COMPARTILHAR