Suspensão de atividades: fiscalizações devem continuar, alerta a BM

Decreto estadual proíbe o funcionamento de atividades não essenciais entre 22h e 5h

Foto: Brigada Militar

Desde a noite de último sábado (20), primeiro dia de validade da suspensão de atividades não essenciais entre 22h e 5h, conforme o decreto estadual nº 55.764/2021, fiscalizações conjuntas entre a Brigada Militar, Polícia Civil e agentes das prefeituras estão ocorrendo na região. A medida preventiva busca frear o avanço da pandemia da Covid-19 no Rio Grande do Sul.

Na noite de domingo (21), de acordo com a Brigada Militar, 30 pontos comerciais foram fiscalizados. Em Capão da Canoa, de sete bares e restaurantes visitados, dois estavam abertos após as 22 horas e foram notificados pela prefeitura.

Em Xangri-Lá, Tramandaí, Imbé, Arroio do Sal e Torres os locais que estavam abertos no horário proibido, foram fechados a partir da orientação dada pela fiscalização e não houve registros de ocorrência ou termos circunstanciados. Os policiais militares também orientaram pessoas em locais públicos a não fazer aglomerações e a respeitar os decretos sanitários.

Na madrugada de domingo, policiais militares (BM) encerraram em Osório uma festa clandestina com mais de 50 pessoas aglomeradas. No local, havia seis veículos com som alto que foram removidos por perturbação do sossego. As pessoas foram identificadas e vão responder pelo crime de infringir determinação do Poder Público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Em Tramandaí, no sábado, pelo menos 80 estabelecimentos foram fiscalizados e muitos estavam funcionando depois das 22h. “A Brigada Militar seguirá realizando a fiscalização para cumprimento do decreto estadual nº 55.764/2021  que determina a suspensão geral de atividades até o dia 02 de março, no horário compreendido entre às 22 horas da noite de um dia e às 05 horas do dia seguinte”, alerta a corporação.

Atenção: Litoral Norte atingiu 100% de ocupação das vagas destinadas ao SUS em unidades de terapia intensiva

COMPARTILHAR