Tempo muda e fim de semana será de instabilidade no Litoral

A combinação entre forças opostas vai deixar o tempo instável durante todo fim desta semana em todo o Estado

Nevoeiro. Foto: André Germany / Tramandaí

A quinta-feira foi marcada por tempo bom, com temperaturas máximas que atingiram 28 °C na maioria dos municípios do Litoral Norte. No fim da tarde de hoje, um forte nevoeiro atingiu a região, devido ao vapor d’água presente na atmosfera. A formação do nevoeiro ocorre quando a temperatura inverte muito rápido e o ar condensa na superfície.

Imagens do satélite mostram que nas próximas horas deve chover em alguns pontos isolados no Litoral Norte. Nesta quinta-feira, muitas pessoas aproveitaram o sol e foram caminhar na beira mar e até mesmo tomar chimarrão e admirar a paisagem, é o caso do morador André Germany (foto).

Foto: André Germany / Tramandaí

Instabilidade

A previsão do tempo é de instabilidade, já a partir da tarde desta sexta-feira (09). Acontece que uma corrente de calor e umidade vinda da região centro-oeste do Brasil, está impedindo que a frente fria vinda do pólo passe pelo Estado.Isto gera o que chamamos de frente estacionária. Quando a corrente quente fica bloqueando a entrada do ar frio vindo do sul.

Imagem do satélite / Inmet / 21h14min

Nesta sexta-feira, teremos sol entre nuvens e chance de chuva à tarde do Balneário Quintão até Xangri-lá. As temperaturas permanecem altas entre 15°C e 29°C.

No sábado (10) a nebulosidade persiste e pode chover à tarde em todo o litoral.

Por causa da chuva as temperaturas baixam, mínima de 13°C e máxima de 20°C.

No domingo (11) e na segunda (12) o tempo volta a abrir, com sol entre nuvens. A temperatura mínima será de 14°C e a máxima de 22°C. Na terça-feira á tarde pode voltar a chover.

Como a corrente de calor vinda do centro-oeste pode perder força e a frente-fria ganhar espaço, vale ressaltar que é importante prestar atenção na previsão do tempo diariamente, pois as condições previstas no dia de hoje podem se modificar a qualquer momento.

Por Ludmila Pochmann, meteorologista do Litoral na Rede.

COMPARTILHAR