Vídeo: câmera flagra ladrões furtando cabos em Tramandaí

Ação dos criminosos causa prejuízo a moradores e comerciantes

Uma câmara de monitoramento registrou duas ações de ladrões de cabos da rede de energia elétrica e telefone em um intervalo de apenas dois dias. Os registros obtidos pelo Litoral Norte foram feitos por um equipamento instalado na Rua Cristóvão Colombo, no bairro São Francisco II.

O primeiro furto ocorreu na madrugada de 17 de maio. Um homem cortou os fios que já estavam pendurados e caídos na calçada. Aparentemente ele usa uma faca para cometer o crime.

Dois dias depois, na madrugada de 19 de maio, outro furto. O ladrão tentou arrancar os cabos que já estavam caídos, mas não conseguiu.

Segundo moradores da região, nessas duas ocasiões não houve falta de energia porque provavelmente o alvo dos bandidos eram fios de telefonia. Mas eles relatam que são frequentes os problemas com fios caídos e de suspensão de fornecimento de energia em função dos constantes furtos.

“Duas vezes seguidas eu fiquei sem conseguir abrir minha loja, porque as minhas portas são elétricas e não tem força para puxar. Aí a gente tem que estar chamando a CEEE”, disse uma comerciante do bairro ao Litoral na Rede.

A Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio das Concessionárias e os Serviços Delegados (DRCP), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) tem realizado diversas ações na tentativa de combater este tipo de crime na região.

Os agentes fiscalizam estabelecimentos de ferro velho e, na última semana, apreenderam mais de um tonelada de cabos na Freeway. A suspeita é que o material tenha sido furtado no Litoral Norte.

O problema não é exclusividade de Tramandaí. Em outros municípios da região os furtos também são frequentes. No início deste meio, uma série de ataques à rede de energia deixou sem luz, por diversas vezes, moradores do Balneário Quintão, em Palmares do Sul.

Quer receber as notícias do Litoral na Rede no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo.

Leia mais notícias do Litoral Norte.

COMPARTILHAR